domingo, 27 de setembro de 2015

Porque financiar os Dragõezinhos?

Muito tenho acompanhado pelos Grupos de Redes Sociais o movimento em prol da restauração da Monarquia no Brasil.
E apesar de olhar com alguma reserva a ideia de que isso seja simples e fácil de executar, também nutro muita simpatia pela causa e por conta de minha profissão tenho as minhas inspirações que venho aqui expor para que a mesma ganhe fôlego e visibilidade junto ao grande público.
Parto para tanto da premissa que a monarquia é um sonho e como sonho deve ser exposta e tratada ao imaginário popular. Todo grande projeto começa assim, como um sonho, um sonho bom.
Os Dragõezinhos - o observador vai notar - personificam este sonho. São quase como anjinhos ou duendes, só que se vestem como dragões e vivem em um mundo idílico e imaginário. Mas usarão justamente deste atributo - o da fantasia - para expor aos leitores, sejam crianças ou adultos, os detalhes mal explicados do I e II Impérios, as acusações injustas ao sistema da monarquia constitucional e esclarecê-los, de forma simples.
Apesar de estarem sempre Os Dragõezinhos em forma de fantasia, explicariam sempre na forma histórica a realidade dos fatos a ser inserida no seu texto dos quadrinhos ou webtira.

Eles tem a seu lado o fator surprêsa: Os Dragõezinhos podem fazer coisas que seriam impossíveis no mundo real como "voar nas costas de um dragão de verdade", o Dourado! Ou "viajar no tempo" para mostrar "quem foi quem' de verdade e desfazer mitos republicanos.
E o objetivo maior da tira é cativar os leitores pelo sonho, pela doçura e pela beleza, fazer da intolerância contra a monarquia algo bem mais reduzido do que é hoje, seduzir o cidadão e dar um elemento amistoso para os confrades divulgarem a causa. Ganhar as ruas e as cabeças pela simpatia.

E quando falo em "financiar"não me refiro a quantias exorbitantes, posso garantir que sai muito mais em conta do que produzir um vídeo. Está interessado em me ajudar? Entre em contato!

Um comentário:

  1. EM TEMPO, vamos refazer o dragão, na verdade corrigi-lo pra ficar mais parecido com a serpe do cetro imperial. Peço que aguardem, obrigado.

    ResponderExcluir